Traficantes de drogas são alvo da Polícia Federal no litoral do Piauí

Em um desdobramento da Operação Manzuá, que apurou crime de cultivo ilícito de maconha na zona rural da Ilha Grande/PI, 30 policiais federais cumpriram nesta sexta-feira (5) 5 mandados de busca e apreensão, contra um grupo de traficantes de drogas. Os mandados foram expedidos pelo juiz titular da 2ª Vara Criminal da Comarca de Parnaíba, no Piauí, para execução nas cidades de Parnaíba e Ilha Grande, e em Araioses, no Maranhão.

Presídios

O grupo , segundo as investigações, atua na região norte do estado, inclusive fornecendo drogas em presídios. Os criminosos contavam com ajuda de agentes públicos lotados em órgão estratégicos da segurança e tinham acesso a informações privilegiadas a respeito de investigações policiais, com a finalidade de dificultar a repressão dos membros da quadrilha.

Penas

Os investigados serão indiciados pelos crimes de associação para o tráfico, associação criminosa, tráfico de drogas, divulgação de dados sigilosos e outros crimes que forem identificados no decorrer do cumprimento das buscas.

A Operação foi denominada Manzuá II em referência à armadilha de captura de peixes utilizada por pescadores locais, fazendo alusão ao constante trabalho da polícia federal para prevenir e reprimir o tráfico de drogas.