Graças a gol contra, Fluminense vence na Copa do Brasil

O Fluminense sofreu, mas derrotou o Atlético-GO por 1 a 0 na noite desta quarta (16), no estádio do Maracanã, no jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil.

Mesmo sendo pela vantagem mínima, a vitória foi importante para o tricolor, que agora joga a partida de volta, na próxima quinta (24) no estádio Olímpico, com a vantagem de se classificar até mesmo com um empate. Já o Atlético precisa de um triunfo de ao menos dois gols de vantagem para passar direto, enquanto vitória por um gol dos goianos leva para a disputa de pênaltis.

Partida complicada

Jogando em casa, o Tricolor das Laranjeiras apostou em adiantar a marcação e pressionar o time de Goiás desde a saída de bola. Já o Dragão adotou uma postura mais cautelosa, esperando atrás oportunidades de sair no contra-ataque.

Com este panorama, o Fluminense conseguia manter a posse de bola, mas encontrava claras dificuldades de finalizar as jogadas, pois não contava com um centroavante de ofício.

Assim, a melhor oportunidade do Tricolor no primeiro tempo surgiu aos 38 minutos, em cobrança de falta do meia Nenê que foi defendida pelo goleiro Jean.

Com a manutenção da igualdade até o intervalo, o técnico Odair Hellmann decide mudar sua equipe em busca de maior efetividade ofensiva, ele tira o meia uruguaio Michel Araújo e coloca o atacante Marcos Paulo.

Porém, o desenho da partida continua o mesmo, o Tricolor permanece com dificuldades diante de um adversário que não dá espaços. Assim, o gol da vitória acaba surgindo da forma mais improvável possível. Aos 31 minutos, Egídio cobra escanteio e o zagueiro João Victor, na tentativa de afastar a bola, acaba cabeceando para o gol de Jean, marcando contra.

Perdendo, o Atlético-GO sai um pouco mais, e oferece espaços para o Fluminense, mas o placar permanece inalterado até o final.

Vitória do Vozão

Na outra partida da Copa do Brasil desta quarta que começou às 21h30, o Ceará derrotou o Brusque, em pleno estádio Augusto Bauer (Santa Catarina), por 2 a 0.

O primeiro gol foi marcado por Leandro Carvalho aos 39 minutos do primeiro tempo. A defesa do Brusque vacilou na saída de bola e o camisa 80 marcou após receber passe de Sobral.

O 2 a 0 só foi confirmado nos acréscimos da etapa final, quando Vinícius marca gol em jogada de contra-ataque. Após chutão para a frente, o camisa 29 parte em velocidade, dribla o goleiro Zé Carlos e chuta para o gol vazio.

Com este resultado, o Vozão consegue se classificar até mesmo com um empate. Já o Brusque terá que vencer com diferença de mais de três gols para passar direto, enquanto triunfo com vantagem de dois gols dos catarinenses leva para a disputa de pênaltis.

Veja a tabela atualizada da Copa do Brasil.

Magnus mantém 100% de aproveitamento na Liga Nacional de Futsal

O Magnus Futsal foi até o Ginásio SESC Ceilândia nesta quarta (16) e superou o Brasília por 3 a 1 em jogo válido pelo grupo A da Liga Nacional de Futsal (LNF).

Com o resultado, a equipe de Sorocaba manteve 100% de aproveitamento na competição, com cinco vitórias em cinco jogos.

Apesar de o Magnus ter ficado com a vitória final, foi o Brasília que abriu o placar, aos 9 minutos, com Luan Leite.

Mas a vantagem da equipe da casa só durou até os 17 minutos, quando o ala Leozinho aproveitou confusão na área para deixar o seu.

O Magnus conseguiu a virada aos 4 minutos da etapa final, quando Danilo tocou para Ricardinho bater de primeira. E o terceiro saiu aos 12 minutos, com Pedrinho.

Triunfo fora de casa

Quem também venceu fora de casa nesta quarta foi o Joinville, que foi até o Complexo Esportivo Arrudão, em Francisco Beltrão (Paraná), para superar o Marreco por 3 a 2.

Os visitantes mostraram força e abriram o placar aos 10 minutos com Caio, após ótima trama de sua equipe. Mas o gol mais bonito saiu aos 12 minutos, quando Genaro fez de letra. E o mesmo Genaro marcou o terceiro de sua equipe um pouco antes do intervalo.

Na etapa final o Marreco apostou no goleiro linha com o objetivo de buscar a virada. A estratégia quase deu certo, pois conseguiu dois gols com Cappa. Mas a vitória final foi mesmo do Joinville.

Vitória simples

Fechando os confrontos desta quarta pela LNF, o Cascavel recebeu o Blumenau no Ginásio da Neva, em Cascavel (Paraná), e venceu por 1 a 0, gol de Jorginho.

Veja a classificação atualizada da Liga Nacional de Futsal.

Internacional vence e lidera grupo na Libertadores

No estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre, o Internacional venceu o América de Cáli (Colômbia) por 4 a 3 nesta quarta (16). Com o resultado, o Colorado chegou a sete pontos em três rodadas e lidera o Grupo E da Libertadores da América. A chave conta ainda com Grêmio e Universidad Católica (Chile).

A equipe do técnico argentino Eduardo Coudet já soma sete jogos de invencibilidade e caminha sem sustos às oitavas de final da competição, depois de eliminar Universidad de Chile e Tolima nas etapas preliminares.

O Inter começou de forma avassaladora. Logo que o juiz apitou o início da partida, o uruguaio Abel Hernández, de cabeça, abriu o marcador aos 44 segundos. Aos 17 minutos, os donos da casa ampliariam com Boschilia, que chutou duas vezes para superar o goleiro Chaux. Os colombianos reagiram e, aos 27, diminuíram com Vergara. Ainda no primeiro tempo os colorados fariam o terceiro, novamente com o uruguaio Hernández, aproveitando rebote após a bola bater no travessão.

Na segunda etapa, o América começou com tudo. Aos 3, Adrián Ramos fez o segundo e recolocou seu time na partida. Aos 32, Moreno aproveita falha defensiva do Inter e manda para o fundo das redes de Marcelo Lomba, empatando o confronto. No último minuto do tempo regulamentar, aos 45, Boschilia novamente marca e sela o triunfo colorado.

Veja a classificação atualizada da Copa Libertadores.

Copa do Brasil: Ponte e América-MG abrem 4ª fase com empate

Na partida que abriu a quarta fase da Copa do Brasil, Ponte Preta e América-MG empataram em 2 a 2, nesta quarta (16), no estádio Moisés Lucarelli.

Com este resultado, como não há gol qualificado na competição, quem vencer a partida de volta avança direto. Em caso de empate por qualquer placar, a vaga será decidida na disputa de pênaltis.

Gol nos primeiros minutos

Mesmo jogando fora de casa, foi o América-MG que criou a primeira boa oportunidade de marcar, quando João Paulo cruzou com perigo aos 3 minutos buscando Rodolfo, mas Alisson foi mais rápido e conseguiu cortar.

Mas a Ponte respondeu dois minutos depois. Bruno Rodrigues avançou pela ponta esquerda, se livrou da marcação e cruzou para Moisés, entre os zagueiros, cabecear para abrir o marcador.

O confronto continuou aberto, com oportunidades de lado a lado, mas o Coelho foi mais eficiente. O time de Minas consegue empatar aos 43 minutos. Marcelo Toscano escora cruzamento rasteiro de Léo Passos para vencer o goleiro Ivan.

Lei do ex

A segunda etapa começou com o Ponte Preta controlando as ações, valorizando a posse de bola diante de um América que até tenta responder adiantando a marcação, mas que foi pouco eficiente nesta proposta.

E a postura do time da casa se mostrou mais acertada aos 29 minutos da etapa final, quando, mesmo marcado, Matheus Peixoto marcou de cabeça após bola levantada na área por Bruno Rodrigues.

Porém, quando tudo parecia indicar que a Ponte Preta conseguiria segurar uma importante vitória, a lei do ex entrou em ação aos 46 minutos do segundo tempo. Neto Berola toca para Vitão, que, de carrinho, não deixa a bola sair e encontra Felipe Azevedo, que escora para deixar tudo igual no marcador. Ponte 2, América-MG 2.

Ponte Preta e América-MG decidem quem fica com a vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil na próxima terça (22), em partida realizada na Arena Independência a partir das 21h30 (horário de Brasília).

Veja a tabela da Copa do Brasil.

STJ derruba liminares que impediam encampação da Linha Amarela

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) derrubou três liminares que impediam o município do Rio de Janeiro de assumir o controle da Linha Amarela, a via expressa que liga a Barras da Tijuca à Ilha do Governador, e assim, por fim à cobrança do pedágio. Os motoristas pagam o valor de R$ 7,50 em cada um dos sentidos.

Na decisão, o presidente do STJ, ministro Humberto Martins diz que considera que impedir o Chefe do Executivo de encampar esse serviço público e de responsabilizar-se pela administração direta desse serviço “causa lesão à ordem pública e administrativa do Município do Rio de Janeiro”.

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella disse que o povo ganha com a decisão. “Valeram todas as injustiças, todas as perseguições, todas as calúnias, infâmias que nós sofremos, porque agora as pessoas estão deixando de pagar R$ 1 milhão por dia. E eu tenho certeza que todo carioca que ama o Rio de Janeiro vai celebrar conosco essa grande vitória”.

Na decisão, o presidente do STJ determinou que fossem derrubadas as três liminares concedidas pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), que proibiam a encampação da via expressa. 

O ministro reconheceu o grave desequilíbrio no contrato de concessão com a LAMSA, estabelecido em licitação de 1994 por um período de dez anos, mas em vigência até hoje, 16 anos depois. Martins identificou, a partir das provas apresentadas pela Procuradoria Geral do Município, fartos indícios de obras superfaturadas e cobrança indevida de pedágio. 

O prejuízo estimado pelas irregularidades na concessão é de mais de R$ 225 milhões à cidade do Rio de Janeiro e à população.

O ministro do STJ também fez referência ao Projeto de Lei Complementar nº 143/2019, aprovado por unanimidade pela Câmara de Vereadores do Rio em novembro do ano passado. A Lei autorizava o Executivo Municipal a encampar a via e anular o contrato de concessão com a Lamsa, mas foi impedida por decisão do TJ.

Recurso

Em nota, a Lamsa disse que recebe com perplexidade a decisão do STJ, tendo em vista que outras 18 decisões contra pedidos semelhantes — inclusive duas do próprio STJ e uma do STF — tenham sido desfavoráveis ao município. Segundo a companhia, a decisão é uma violação ao contrato de concessão regularmente celebrado, mas também atinge a confiança de investidores privados de infraestrutura de todo o país, abalando a segurança jurídica e a Constituição Federal. “A empresa exercerá seu direito de recurso e segue confiando na Justiça para garantia do direito de operação da concessão”.

Liberação

Logo após a decisão do STJ, técnicos da prefeitura e a Guarda Municipal foram para a praça de pedágio e liberaram a cobrança da tarifa nos dois sentidos. Diariamente, passam pela via expressa cerca de 80 mil

Entidades elogiam decisão do Copom de manter a Selic

A Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), disse, em nota, que a manutenção da taxa básica de juros da economia (Selic) em 2% vai na direção correta. Segundo a entidade, existe um alto nível de ociosidade na economia e uma expectativa de inflação bem comportada, mesmo diante do aumento recente no preço dos alimentos.

Nesta quarta-feira (16), o Comitê de Política Monetárias (Copom) do Banco Central, depois de um longo período de redução, decidiu manter a taxa básica de juros no atual patamar de 2% ao ano. 

A entidade informou, na nota, que o desequilíbrio fiscal é fator de risco relevante para manutenção desse ambiente de inflação e juros baixos nos próximos anos e que as reformas estruturais são ainda mais importantes neste momento. O setor público só conseguirá cumprir com suas funções básicas se houver uma reestruturação no seu orçamento.

“Por isso, a Firjan reitera a urgência na aprovação das reformas, como a tributária e a administrativa, e da PEC emergencial. Caso contrário, além de baixo crescimento e elevado desemprego, teremos que voltar a conviver com alta taxa de juros”, diz a nota.

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) também divulgou nota em que afirma que considera acertada a decisão do Copom de manter em 2% a Selic. 

De acordo com o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, a Selic encontra-se em um patamar que incentiva o financiamento da produção e do investimento. “Os juros baixos têm contribuído, ao lado dos programas emergenciais de crédito, para a queda no custo do crédito neste momento de intensa necessidade de financiamento das empresas para a manutenção dos empregos, para o pagamento de despesas fixas e para a retomada das atividades”, disse Andrade.

Segundo a CNI, mesmo com a recente elevação dos índices de preços ao produtor, não há expectativa de aceleração dos preços de bens e serviços, medida pelo IPCA, que possa ameaçar o cumprimento da meta de inflação para 2020, de 4% ao ano.

Covid-19: Brasil tem 134 mil mortes e 4,4 milhões de casos acumulados

O Brasil chegou a 134.106 mortes em razão da pandemia do novo coronavírus. Nas últimas 24 horas, foram registrados 987 óbitos. A soma representa um aumento de 0,7% sobre ontem, quando os números traziam um total de 133.119 pessoas que perderam a vida para a covid-19. Ainda há 2.428 falecimentos em investigação.

Os dados estão no balanço diário do Ministério da Saúde divulgado na noite desta quarta-feira (16).

Ainda conforme a atualização, foram acrescidas às estatísticas 36.820 novos diagnósticos de covid-19, totalizando 4.419.083 pessoas infectadas desde o início da pandemia. O resultado marca um acréscimo de 0,8% em relação a ontem, quando o painel trazia 4.382.263 casos acumulados.

O sistema do Ministério da Saúde contabilizou ainda 564.665 pacientes em acompanhamento. Do total de infectados, 84,2% dos pacientes se recuperaram da covid-19, ou seja, 3.720.312 pessoas. 

A letalidade (número de óbitos pelo total de casos) ficou em 3%. A mortalidade (número de falecimentos por 100 mil habitantes) está em 63,8. Já a incidência (total de casos por 100 mil habitantes) subiu para 2102,9.

Covid-19 nos estados

O estado de São Paulo soma agora 33.253 mortes e 909.428 casos confirmados acumulados do novo coronavírus.Os registros estão dentro da previsão quinzenal do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, que previam entre 900 mil e 1 milhão de infectados e de 33 mil a 38 mil mortes até 15 de setembro. Nova previsão divulgada hoje (16) projeta que até 30 de setembro o estado somará entre 960 mil e 1,05 milhão de infectados e entre 35 mil e 38 mil mortes pelo novo coronavírus.

O estado do Rio de Janeiro registra o segundo maior número de óbitos por covid-19(17.342). Em seguida estão Ceará (8.764), Pernambuco (7.933) e Pará (6.405).

As Unidades da Federação com menos mortes devido à pandemia são Roraima (611), Acre (643), Amapá (685), Tocantins (831) e Mato Grosso do Sul (1.122).

Boletim Epidemiológico covid-19

Boletim Epidemiológico covid-19 – Ministério da Saúde

Brasil e Paraguai reabrem parcialmente suas fronteiras para comércio

O Brasil e o Paraguai decidiram reativar o comércio entre as cidades fronteiriças de Foz do Iguaçu, no Paraná, e Ciudad del Este, no Paraguai; Mundo Novo, em Mato Grosso do Sul, e Salto del Guairá, o Paraguai; e Ponta Porã (MS) e Pedro Juan Caballero, no Paraguai.

Os dois países assinaram nesta quarta-feira (16), uma ata bilateral que permite a reativação parcial do comércio.

O acordo prevê a criação de pontos comerciais próximos das fronteiras de cada país. Além disso, traz procedimentos para realização de compras pelos cidadãos dessas cidades. Os requisitos aduaneiros migratórios e sanitários determinados por cada país devem ser respeitados.

Os dois países fecharam as fronteiras em março em virtude da expansão do novo coronavírus no continente.

Segundo o Ministério da Saúde do Paraguai, o país tem 29.298 pessoas contaminadas e 552 mortos por covid-19. Já o Brasil está com 4,4 milhões de casos e 134,1 mil mortos pela doença.

Neymar é suspenso por dois jogos após briga no Campeonato Francês

O atacante Neymar foi punido com dois jogos de suspensão pela expulsão na derrota de 1 a 0 do PSG para o Olympique de Marselha, no último domingo (13), pela segunda rodada do Campeonato Francês. O brasileiro recebeu o cartão vermelho após o árbitro de vídeo (VAR) identificar um tapa do jogador no zagueiro espanhol Álvaro González durante confusão que marcou os minutos finais do clássico.

Os dois se desentenderam já no primeiro tempo, quando Neymar acusou González de racismo. O atacante disse ter sido chamado de “macaco filho da p…”. A comissão disciplinar da Liga de Futebol Profissional da França (LFP), na mesma nota em que confirmou a punição ao camisa 10 do PSG, informou que investigará o caso envolvendo o zagueiro.

Ainda segundo o comunicado, Neymar será suspenso por mais um jogo se tiver algum problema disciplinar nas próximas 10 partidas na França. O volante Leandro Paredes, também do PSG, recebeu a mesma pena. Já o atacante Ángel Di Maria, outro companheiro de time do brasileiro, foi convocado para a próxima reunião da comissão disciplinar, em 23 de setembro. Ele é investigado por ter cuspido em direção a González.

A punição mais pesada foi dada ao lateral Laywin Kurzawa, mais um do PSG, pela briga com o também lateral Jordan Amavi, que gerou a confusão generalizada da etapa final. Kurzawa recebeu seis jogos de suspensão, três a mais que Amavi, do Olympique. Ao atacante Dario Benedetto, do time de Marselha, também envolvido na discussão, a penalidade foi de uma partida.

Apesar dos desfalques, o atual vice da Liga dos Campeões conquistou a primeira vitória na edição 2020/2021 do Campeonato Francês. Nesta quarta-feira (16), com Neymar na torcida, o PSG derrotou o Metz por 1 a 0, no Parque dos Príncipes, com gol do meia Julian Draxler nos acréscimos da etapa final.

Revolta pelas redes

Não foi só em campo que Neymar esbravejou contra González. “Único arrependimento que tenho é por não ter dado na cara desse babaca”, escreveu o camisa 10, no Twitter, logo após a partida. O brasileiro também desabafou contra a arbitragem, que teria sido conivente com o zagueiro.

“[O] VAR pegar a minha ‘agressão’ é mole. Agora eu quero ver pegar a imagem do racista me chamando de ‘mono hijo de p… [macaco filho da p…, em espanhol]. Isso eu quero ver! E aí? Carretilha você me pune. [Por] cascudo, sou expulso. E eles? E aí?”, disse o atacante em referência a um cartão amarelo que levou em fevereiro após reclamar de ser repreendido por tentar uma jogada de efeito. O árbitro daquele jogo foi o mesmo de domingo: Jérôme Brisard.

González se defendeu, também pelo Twitter. “Não há lugar para racismo. [Tenho uma] carreira limpa e com muitos colegas e amigos no dia a dia. Às vezes, você tem que aprender a perder e assumir isso em campo. Incríveis três pontos hoje”, escreveu o espanhol, que foi rebatido por Neymar: “Você não é homem de assumir teu erro, perder faz parte do esporte. Agora insultar e trazer o racismo pra nossas vidas não. Eu não estou de acordo. Eu não te respeito. Você não tem caráter. Assume o que tu fala, mermão. Seja homem, rapá! Racista!”.

Já na segunda-feira (14), o PSG divulgou um comunicado dando apoio a Neymar, afirmando que “não há lugar para o racismo na sociedade, no futebol ou nas nossas vidas e apela a todos para que se manifestem contra todas as manifestações [de racismo] em todo o mundo”.

Virada Sustentável de São Paulo vai até 18 de outubro

A 10ª edição da Virada Sustentável, que começou nesta quarta-feira (16) na capital paulista, traz à cidade, até 18 de outubro, uma programação gratuita focada no conceito de sustentabilidade. Serão dezenas de ocupações artísticas em locais como o Largo da Batata, a Avenida Paulista, o Minhocão, os bairros do Grajaú, Brasilândia, Jardim Helena e Lapa, e também nas redes sociais, Instagram, Facebook e Youtube.

“Acredito que o respeito ao meio ambiente, o consumo consciente, a diversidade irrestrita, a luta contra a desigualdade social e o cuidado com a saúde são as frentes que constroem um futuro mais sustentável a partir do indivíduo. Por isso, adotamos esses temas como pilares desta edição”, disse André Palhano, um dos idealizadores do evento.

Na primeira semana, o público vai se deparar com intervenções artísticas que buscam levar as pessoas a refletir sobre as mudanças climáticas. O Largo da Batata, por exemplo, será palco de Eggcident, intervenção idealizada pelo artista holandês Henk Hofstra, composta por ovos fritos gigantes estalados no asfalto.

O local também recebe a instalação Olha pro Céu, Meu Amor, que leva as pessoas a refletirem sobre o consumo consciente. No dia 17 de setembro, o largo será visitado pelo Homem Sustentável, um performer que produz seu próprio oxigênio.

Neste ano, o Fórum Virada Sustentável, uma série de palestras sobre o tema, será totalmente realizado em plataforma digital. Entre os assuntos, estão economia circular, mudanças climáticas, meio ambiente, futuro do trabalho, diversidade e inovação social. Para participar, os interessados precisam se inscrever gratuitamente em www.viradasustentavel.org.br . No mesmo endereço, está disponível a programação completa do evento.